fbpx

Giro #3: Luedji Luna no Tiny Desk, C. Tangana, Toquinho e mais

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

No terceiro episódio do Giro, a gente comenta sobre a participação da Luedji Luna no Tiny Desk, série de shows virtuais e intimistas organizados pela rádio norte-americana NPR. A Luedji foi a representante brasileira no encontro promovido entre o Tiny Desk e o Afropunk, que rolou no dia 23 de abril no canal da NPR no YouTube. Além de Luedji, também participaram o trio de rap colombiano ChocQuibTown, a rapper portuguesa Nenny e a cantora porto-riquenha Calma Carmona.

No Conta Mais, indicamos esse vídeo sobre a relação entre o Toquinho, Chopin e o C. Tangana, músico espanhol que é ex da Rosalía e autor de um dos discos mais interessantes de 2021 até agora, o El Madrileño. Criado pelo jornalista brasileiro Felipe Maia, o vídeo destrincha, mais especificamente, a faixa “Comerte Entera”, um funk-bossa que conta com participação do músico brasileiro Toquinho.

Também entrevistamos o Dago Donato, que, junto com André Paste, foi um dos responsáveis por ajudar a produção do C. Tangana a encontrar a autora do refrão “essa mina é um perigo” que o artista espanhol usou como sample no disco. Donato também é autor da newsletter “Mundão SoundSystem“, que a gente ama por aqui e super recomendamos pra quem quer conhecer sons internacionais para além da indústria mainstream de Estados Unidos e Europa.

A terceira dica é o podcast Vidas Negras, do Spotify em parceria com a Rádio Novelo. No episódio “Negra Bossa Nova“, o jornalista Tiago Rogero entrevista as cantoras Alaíde Costa e Vanessa da Mata.

No Lança a Braba, falamos do novo EP da artista baiana Rachel Reis, Encosta, lançado em parceria com os produtores Zamba e Cuper; e do disco de estreia do Jean Tassy, Amanhã.

E pra finalizar, no Manda Áudio, comentamos os áudios de dois seguidores, o Lucas Veloso e o Lucas Kariri. Assista abaixo:

Criação: Beatriz Moura, Lucas Hirai e Zeca Bral
Pesquisa: Beatriz Moura, Clara Camargo e Douglas Silva
Roteiro: Beatriz Moura
Direção de arte: Beatriz Zupo e Zeca Bral
Edição e Motion: Felipe Inácio
Realização: Casa Natural Musical